Você acha que pode ter TOC e tem ascendência latina ou - brasileira ou de outro país da América Latina ou América hispânica?

Por favor, responda a pesquisa para nos ajudar a entender mais sobre as causas do TOC em populações diversas

Você acha que pode ter TOC e tem ascendência latina ou - brasileira ou de outro país da América Latina ou América hispânica?

Por favor, responda a pesquisa para nos ajudar a entender mais sobre as causas do TOC em populações diversas

O LATINO (Iniciativa Latino-americana Trans-ancestral para Genômica do TOC) é um estudo genético de larga escala sobre o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC). Se você teve, ou acha que pode ter TOC e tem ao menos um avô ou uma avó de origem latina ou hispânica (Países da América Latina & América Hispânica: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela), nós o convidamos para responder à nossa pesquisa aqui. Para saber mais sobre esse estudo, por favor navegue por este site ou visite nossas plataformas de mídia social nos links acima.

Passo 1: Consentimento

Entenda o estudo e confirme seu consentimento em uma plataforma segura.

Passo 2: Questionário

Na plataforma do estudo, você responde perguntas sobre você, sobre os seus sintomas e como esses últimos te afetam.

Passo 3: Entrevista

Nós agendamos uma entrevista (que pode ser realizada pessoalmente, via Zoom ou, ainda, por telefone) que será conduzida por um profissional da saúde experiente para avaliar seus sintomas e possível diagnóstico clínico.

Passo 4: Amostra de saliva

Nós coletamos uma amostra de saliva, ou pessoalmente, ou então você pode fazer a coleta em casa e nos enviar a amostra de volta em envelope específico que forneceremos.

Este projeto é financiado pelo Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos (National Institute of Mental Health, USA) (U01MH125050, U01MH125062), e recebeu aprovação do Comitê de Ética Institucional (IRB) da Baylor College of Medicine (Escola de Medicina Baylor - Aprovação número: H-49814) e do Comitê de Ética para Análise de Projetos de Pesquisa - CAPPesp do Hospital das Clínicas da FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo). Envie um e-mail para cappilab@gmail.com para maiores informações.